AINDA LONDRES ... THE 4TH PLINTH OU O 4° PILAR

sexta-feira, abril 04, 2014

                O 4° Pilar, local de Exposição de Esculturas Modernas Temporárias

Devem estar lembrados do meu comentário aqui, (http://receitasdatiafatima.blogspot.pt/2014/04/londres-em-dias-de-sol.html) , quando confessei que tinha ficado surpreendida com "este grande Galo, a destoar por completo" na Praça de Trafalgar".
Foi então que uma leitora residente em Londres a quem mais uma vez agradeço publicamente, fez o favor de me deixar um comentário em que me dizia que esse 4° Pilar estava vazio e que foi aproveitado para Exposições Temporárias de Escultura Moderna e convidava-me a fazer uma pesquisa em The Fourth Plinth.
Isto só confirma o Ditado que diz "A ignorância é atrevida", (neste caso, a minha)!

                          Trafalgar Square com o edifício da National Gallery em fundo

Fiquei então a saber que o 4° Pilar estava destinado à Estátua Equestre de William IV, mas como não se conseguiram os fundos necessários para a mandar fazer, o pedestal ficou vazio durante 150 anos.
Em 1998 a Royal Society of Arts tomou a iniciativa de apresentar um Projecto para o 4° Pilar (The Fourth Plinth Project) e no ano seguinte (1999) fez-se a primeira Exposição Temporária de Escultura Contemporânea, sobre o pilar vazio.
O Galo Azul como lhe chamei, "a domestic farmyard cockerel saturate in intense ultramarine blue", feito em acrílico, tem mais de 4 m de altura e é da autoria da escultora alemã Katharina Fritsch e foi inaugurada em Julho de 2013.
Actualmente, o Fourth Plinth Programme é o mais conhecido dos Prémios de Arte Contemporânea do Reino Unido. É presidido pelo Mayor de Londres (Presidente da Câmara) que faz parte da Greater London  Authority .
Para esse Prémio, Artistas de classe mundial são convidados a fazer trabalhos de escultura "monumentais e que causem admiração". Posteriormente, a Greater London Authority escolhe o melhor para ser exposto no 4° Pilar.
Em Fevereiro deste ano, foram anunciados os vencedores para 2015 e 2016, respectivamente Hans Haacke e David Shringley.

Agradecimento: Muito obrigada, S. Denise Silva pelo seu útil comentário, sem o qual eu não teria aprendido tanto. Bem Haja!

Desejo a todos um feliz fim de semana.
Beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó Fátima)

Talvez Goste de Ler

5 comentários

  1. Ola,

    Ja sigo o seu blog ha algum tempo e com grande satisfacao, mas como nao tenho teclado portugues evito fazer comentarios, custa-me muito escrever desta forma que parece um pouco 'a toa... Da-me a sensacao de estar a assassinar um pouco mais a lingua portuguesa... Como se nao bastasse um certo acordo.

    E nao respondi antes porque o Sr. Google nao esta a enviar mensagens a alertar novos comentarios.

    Em relacao a informacao do quarto pilar, nao fora a tao falada (aqui) garrafa com o barco la dentro -Nelson's Ship In A Bottle-
    eu que moro ca, provalvelmente tambem nao saberia. Mas como gosto de ouvir noticias sobre o mundo das artes ha coisas que acabam por ficar registadas na memoria e achei engracadissimo o seu comentario ao galo azul. Porque diga-se de passagem que as estatuas que vao parar aquele pilar destoam sempre de tudo o resto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá Bombom,
    O galo destoa sim e muito, mas ainda bem que falaste nisso, pois assim ficámos todos a saber o motivo e sabemos também que é temporário e factos históricos, ou seja, neste caso, se a ignorância foi atrevida, o certo é que rendeu informação super preciosa!
    Beijinhos grandes e bom fim de semana,
    Lia.

    ResponderEliminar
  3. Querida amiga
    Realmente esse galo para ter vindo de outro planeta - kkkkk!
    Ainda bem que a tua leitora nos esclareceu a situação:)
    Te desejo uma ótima semana.
    Bjim
    Léia

    ResponderEliminar
  4. Olá amiga! Gostei seu blog e já estou te seguindo, venha conhecer meu blog e seja minha seguidora também. Bjos fica com Deus! http://izaartesecriacoes.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar