SECAGEM DE FIGOS

segunda-feira, outubro 10, 2011





Aprendi a secar figos com as mulheres da minha aldeia, a Paiágua, que fica nos limites do concelho de Castelo Branco, entre as serras de Guardunha e Muradal, no coração da Beira Baixa.
Com toda a ternura e respeito que tenho por elas, aqui lhes agradeço publicamente todas (e são muitas), as coisas que com elas aprendi!
É muito fácil esta tarefa: só precisamos de ter figos frescos muito sãos e um quintal ou varanda muito soalheira durante o dia (ou só pela tarde) e tabuleiros, de preferência de madeira. O ideal é secá-los no mês de Agosto ou Setembro.
Colocam-se os figos ao lado uns dos outros nos tabuleiros e deixam-se ao sol e ao ar durante o dia. Recolhem-se ao anoitecer e nos dias seguintes repete-se esta operação.
O tempo de secagem pode variar: numa varanda com muito sol, podem secar em 4 ou 5 dias; numa onde só dê sol à tarde, podem precisar de 6 ou 7.
A meio desse tempo, viram-se os figos do lado oposto, para secarem por igual.


No fim desse tempo, já apresentam um aspecto ressequido.
Aquece-se o forno a 170° durante 5 minutos. Coloca-se uma camada de figos num tabuleiro (que pode ser o do forno ou outro) e mete-se no forno por 5 minutos exactos. Esta operação serve para desinfectar alguma impureza e para acabar de secar algum que não tenha atingido o grau necessário.
Retiram-se do forno e deixam-se arrefecer. Quando frios, polvilham-se com um pouco de farinha de trigo sem fermento (para não se colarem uns aos outros) e guardam-se em sacos de pano (linho ou algodão, são os mais saudáveis). Também se podem guardar em latas fechadas, num sítio fresco.


Os figos secos têm a mesma utilização das ameixas secas: na confecção de pão, acompanhamento de carnes assadas, molhos agridoces, gelados, etc. Além disso, ajudam o funcionamento dos intestinos, actuando como um laxante natural.

Com desejos de que passem uma boa semana, beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó Fátima)

Talvez Goste de Ler

13 comentários

  1. Sempre quis saber esta técnica e afinal é tão fácil! Para o ano tenho de testá-la :) Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
  2. Querida Bombom!
    Que bom vê-la de volta na blogosfera!
    Contigo podemos aprender coisas simples, mas que não conhecemos.
    Eu jamais imaginei que era assim o processo de secagem dos deliciosos figos. Adoro-os!
    beijos, muitos, cariocas

    ResponderEliminar
  3. Querida Bombom
    Maravilha esses figos, pena que aqui não encontro mais!
    Que bom que o teu estaminé voltou a funcionar!
    Bjo grande dessa amiga que te adora.
    Léia

    ResponderEliminar
  4. Pois, o que não se aprende com as pessoas da Aldeia, pois o pessoal das grandes cidades pensa que já está tudo feito. Também postei uns figos secos feito o trabalho por uma ( ) tia de Coimbra há uns dois anos, ela faz de maneira diferente, mas eu acho que muda de zona para zona. Os teus estão um espétaculo. apesar de eu adorar figos mas é da chinchada, direitinhos das arvores para a barriga. Depois de apanhados e guardados já não me sabe bem!
    beijinhos e um grande abraço.

    Isabel de Miranda

    ResponderEliminar
  5. Moro no Brasil em Juazeiro/Bahia. Aqui, a minha figueira produz o ano todo; todos o dias colho figos roxos ininterruptamente.

    ResponderEliminar
  6. Excelente essa técnica de secar figos. A minha falecida mulher e meus falecidos sogros eram de Pera Boa mas nunca secaram figos. Ignorava a simplicidade de tal processo. Bem haja, Bombom. Tenha um Santo Natal e um excelente 2015

    ResponderEliminar
  7. Muito obrigada por o seu conselho, amanhã vou dar início à secagem dos meus que são pingo de mel. Beijinhos Rosa Maria.

    ResponderEliminar
  8. Na minha zona Mogadouro - Bragança) os figos são escaldados. (Metê-los em água a ferver e tirar) após isto põem-se secar.

    ResponderEliminar
  9. Bom dia. ADorei o seu post e vou experimentar fazer. Tenho apenas duas questões: os figos devem estar bem maduros antes de secar? Os meus são daqueles verdes (pingo de mel, como sempre ouvi chamar).
    Quando os colocamos a secar é preciso tapar com alguma coisa para não atrair vespas etc?
    obrigada desde já

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Manuela
      Obrigada pela sua visita e comentário.
      Eu tenho 2 figueiras diferentes e uma é pingo de mel.
      Com esses tenho mais dificuldade em secar por serem muito sumarentos. Os da foto são da outra figueira, são escuros e de pele mais forte. Aproveitando a sugestão do comentário anterior, poderia dar-lhes um "escaldão" em água a ferver (para eliminar qualquer larva), secá-los em papel absorvente e pô-los a secar ao sol. Eu costumo colocar por cima um tecido tipo "voile" que era de umas cortinas leves e assim, evita que pousem as moscas ou as vespas. Bjs. Bombom

      Eliminar