janeiro 20, 2015

5 ANOS DE "O MEU ESTAMINÉ"


                   FUN FOOD - Ideias Criativas na Cozinha

O Meu Estaminé faz hoje 5 anos.
Tão pouco tempo de vida, num Blog parece uma eternidade.
Começou por ser um lugar de comunicação após a perda de audição que limitou todas as minhas actividades e sonhos.
Em boa hora os filhos e os sobrinhos me incentivaram, ajudaram e permitiram que pelo menos este sonho fosse concretizado! Obrigada meus queridos!
O Meu Estaminé recebeu até hoje 615 605 visitas, o que resulta numa média de 10 260 visitas por mês.
Mas o mais importante foram as pessoas lindas que conheci através dele, o espírito de partilha e de entreajuda e a amizade que, sendo virtual (a maior parte das visitas são de pessoas que não conhecemos), nos vai unindo no tempo e no espaço e nos faz criar laços.
Hoje tenho um pensamento de muita saudade e admiração por três amigas que já não estão connosco e que muito me apoiaram e ensinaram sem o saberem.
A minha sentida homenagem para a Nanda de "O Cantinho da Nanda", a Welze do "Gostosuras e Travessuras" e a Glorinha Leão do "Café Com Bolo".
Para todas as pessoas que me têm acompanhado ao longo destes 5 anos, uma palavra de carinho e de agradecimento sincero.

Obrigada por estarem desse lado,
por me acompanharem,
por me incentivarem,
por me apoiarem.

Obrigada pelas palavras de carinho,
pelos comentários,
pela amizade partilhada.
Obrigada por existirem!



E em dia de anos, ofereci ao Meu Estaminé um Livro!
Fun Food - Ideias Criativas na Cozinha.
Já estão a ver o que aí vem? (He,he)!

É tudo por hoje. OBRIGADA!

Aqui fica um abraço de agradecimento  para todos os que passarem por aqui e em especial para quem tem sempre a atenção de me deixar um comentário.
Beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó Fátima)

janeiro 18, 2015

99 ANOS DE VIDA! PARABÉNS, MÃE!



Mãe, Obrigada!

Por nos teres dado a vida,
por nos teres cuidado,
por te teres sacrificado
sozinha, para nos educar.

Obrigada pelos valores
que nos transmitiste
e pelo exemplo
que sempre foste para nós.

Obrigada por teres estado
sempre presente
nas nossas vidas
e pelo apoio que sempre nos deste.

Hoje, elevamos aos Céus
uma prece de agradecimento
a Deus e à Mãe Natureza
por te termos connosco.

Pedimos-Lhe para ti,
muitas Bênçãos e Graças
para enfrentares
mais um ano de Vida.

E no próximo
cá estaremos de novo
para te cantar
os Parabéns!

Estamos todos contigo:
os 9 filhos ,
17 netos,
12 bisnetos.

Parabéns Mãe, Avó e Bisavó (Avó Bisa)





dezembro 23, 2014

FELIZ NATAL DE 2014


        Postal feito na Escola pelo meu neto, com materiais reciclados
 
Como devem ter notado, no final deste ano fiz uma paragem nas minhas actividades habituais.
Fiz uma pausa para me encontrar e redireccionar O Meu Estaminé.
Espero voltar em breve com mais "élan" e trazer algumas ideias novas, mas não quero prometer...

A todas as pessoas amigas que me acompanharam durante este ano, que me visitaram e em particular às que me deixaram os seus comentários, desejo que passem um Feliz Natal junto dos familiares ou dos amigos, em companhia fraterna e alegre, repleta de calor humano.

         Postal feito na Escola pela minha neta, com materiais reciclados
 
Desejo a todos que o Novo Ano de 2015 seja menos severo e nos traga mais prosperidade.

Beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó Fátima)

novembro 24, 2014

PÃO DE MISTURA ( TRIGO E CENTEIO)



Já devem ter notado que este Outono me trouxe de volta "à padaria". Deve ser do arrefecimento do clima, ou do ar cinzentão deste tempo, que apetece tanto estar de volta do forno.
Esta semana experimentei uma nova receita do livro de que já vos falei, Pain Maison (Pão em Casa, ou Pão Caseiro, traduzido à letra).
O nome da receita era Pão de Multicereais (farinha de mistura de cereais), mas eu adaptei um pouco porque só tinha farinha de trigo e de centeio. Por isso, vou deixar aqui as duas receitas para quem quiser experimentar.

Pão de Trigo e Centeio

Para um pão de 750g

280 ml de água
2 colh. de sopa de azeite virgem (ou manteiga derretida)
1 colh. de café de açúcar
2,5 colh. de café de fermento seco de padeiro (usei 1 cubo do fresco)
300 g de farinha de trigo T55 ou T65
150 g de farinha de centeio integral
1,5 colh. de café de sal marinho ou flor de sal

Deite 1 colher de sopa de azeite sobre cada uma das "patilhas batedoras da massa" , para desenformar mais fàcilmente.
Aqueça um pouco a água com o açúcar e o fermento, mexendo para derreter tudo. Deite na cuba da máquina e acrescente as farinhas e o sal. Programe para um Pão Normal.
Nota: No fim da amassadura e antes de começar a aquecer para cozer, quando a máquina parou, tirei as pás batedoras e untei ràpidamente os  apoios com azeite. Isso facilitou a saída do pão depois de cozido.


Pão de Multicereais

Para um Pão de 750 g

280 ml de água
1 colh. de sopa de azeite ou manteiga
1 colh. de café de açúcar
260 g de farinha de trigo T55 ou T65
190 g de farinha de multicereais
2,5 colh. de café de fermento seco de padeiro (ou 1 cubo de fermento fresco)
1,5 colh. de café de sal marinho

Colocar na cuba da máquina primeiro os ingredientes líquidos e no fim os sólidos.
Programar para Pão Normal.

Notas:
- A minha máquina (Silver Crest do Lidl) recomenda o aquecimento ligeiro dos líquidos.
- Por experiência, resulta melhor o aquecimento dos líquidos com o açúcar e o fermento, sobretudo quando usamos do fresco. O pão leveda melhor.
- A autora lembra que as farinhas de mistura (multicereais) pedem por vezes, um pouco mais de água. Por isso convêm vigiar quando a máquina começa a bater a massa para , se for necessário, acrescentar um pouco mais de água morna.

Tenham uma boa semana. Beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó Fátima)

novembro 11, 2014

"PAIN DE MIE", À PORTUGUESA PÃO DE MIOLO



Nesta altura do ano já apetece o forno aceso e um pão quentinho a sair, para abrilhantar o lanche. A sugestão que vos trago hoje é óptima para esse efeito. Trata-se do Pain de Mie que, traduzido à letra do francês, significa Pão com Miolo. A sua textura fofa no interior e estaladiça por fora, torna-o  ideal para sanduiches ou tostas.
A receita é do meu livro Pain Maison de Cathy Ytak, edições Marabout Chef.


Pain de Mie

Pão de 750g:

240 ml de água + 30 ml de leite
450 g de farinha de trigo T55 ou T65 (sem fermento)
2,5 colheres de café de fermento seco de padeiro
1,5 colheres de café de sal fino
30 g de manteiga
20 g de açúcar (2 a 3 colheres de sopa)


Pão de 1 kg

320 ml de água + 40 ml de leite
600 g de farinha de trigo T55 ou T65
3,5 colheres de café de fermento seco de padeiro
2 colheres de café de sal fino
40 g de manteiga
25 g de açúcar

Máquina de Fazer Pão - programa normal (1)

Aqueça o leite e junte a manteiga para esta derreter.
Vase na cuba da máquina (eu misturei o açúcar e o fermento seco juntamente).
Acrescente a farinha e o sal e programe a MFP.


São servidos?
Tenham uma óptima semana e não se esqueçam dos guarda-chuvas!
Beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó Fátima)

novembro 10, 2014

ANTIGUIDADES E DECORAçÕES



Ainda a propósito de Velharias ou Antiguidades e para terminar o tema por estes tempos mais próximos, venho mostrar-vos a adaptação que fiz da antiga máquina de costura da minha saudosa Sogra.
Desmontei a "cabeça" e mandei electrificar e ainda hoje é a minha auxiliar nas costurices.
A parte que ficou é agora uma mesa de "toilette" na casa de banho da nossa casa da aldeia.


Se os quartos fossem mais amplos, também ficava bem na sua decoração, ou mesmo num jardim interior desde que se fizesse o isolamento da madeira na superfície da mesa.
Espero que tenham gostado das sugestões.

Beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó fátima)

novembro 08, 2014

ARROZ DE PEIXE E CAMARÃO (TIPO RISOTTO)



A receita que vos trago hoje, não tem nada de luxo. Tinham-me sobrado uns bons lombinhos da cabeça de Garoupa de uma refeição anterior, de Peixe Cozido. Como cá no Meu Estaminé não se pode desperdiçar nada, juntei-lhes uma dúzia de camarões e saíu um óptimo Arroz de Peixe e Camarão.
A receita é a habitual cá da casa, porque "na equipa vencedora não se mexe".
Segredo: se quer um bom "risotto" use arroz carolino e nunca arroz agulha.

Arroz de Peixe e Camarões

Ingredientes para 2 pessoas:

150 ml de arroz carolino
400 ml de água de cozer as cabeças e cascas do camarão
lombinhos de garoupa (ou outro peixe de carne consistente)
12 camarões médios (partidos ao meio)
2 colheres de sopa de azeite
1 dente de alho médio picado
1 cebola pequena picada
1 folha de louro (sem a nervura do meio que é tóxica)
sal q.b.

Preparação:

1 - Descasque os camarões crus.
Coloque um tachinho com 450 ml de água ao lume, para ferver.
Quando levantar fervura, introduza as cabeças e cascas dos camarões e deixe ferver durante 5 a 8 minutos, em lume brando. Retire do lume e, com a colher de pau, esmague as cabeças dos camarões para que saia o líquido interior e se dilua na água. Coe por um passador de rede fina e reserve.

2 - Noutro tachinho, prepare um refogado com o azeite, o alho e a cebola picados e a folha de louro.
Quando a cebola estiver murcha e transparente, junte o arroz lavado e escorrido e vá mexendo com a colher de pau. Junte a água de cozer as cascas de camarão, rectifique de sal, mexa e quando levantar fervura baixe o lume para o mínimo. Tape e deixe cozinhar durante 15 minutos, vigiando a meio do tempo pois pode ser necessário acrescentar um pouco mais de água.
No fim desse tempo desligue o lume e deixe repousar 2 minutos. Sirva de seguida, acompanhado de uma boa salada mista.


Nota:
As refeições à base de Arroz são bastante económicas, práticas e podem tornar-se muito saudáveis se forem acompanhadas de Saladas ou Legumes cozidos. Estes podem, inclusivamente, ser acrescentados ao arroz quando da sua confecção.

A foto seguinte, tirada antes da "composição" fotográfica, mostra melhor o aspecto deste "risotto".


Desejo que passem um bom fim de semana.
Saudades e beijinhos da

Bombom (Tia Fátima ou Avó Fátima)