CONSERVAR LEGUMES: PICKLES CASEIROS

terça-feira, julho 13, 2010

Há algum tempo, recebi um pedido de uma simpática cliente de O Meu Estaminé, que gostava de algumas sugestões para conservar legumes e frutas durante todo o ano, sem ter de recorrer ao frigorífico.
Em relação às frutas, há na Net muitas receitas de Doces e Compotas e a técnica é fácil: o mesmo peso em açúcar e em polpa da fruta, uma panela de aço inox, cozinhar em lume brando até obter ponto de estrada.
Já no que respeita à conserva de legumes, não há tanta oferta. Eu sei que os nórdicos fazem "Chucroute", que é uma conserva de couve e legumes, mas nunca fiz nem provei. Aqui em Portugal usamos mais a conserva de legumes em vinagre, a que chamamos "Pickles" e que me parece uma herança inglesa, talvez dos tempos da Revolução Francesa em que eles vieram com os seus exércitos "para nos ajudar"!!! Depois pagaram-se levando todos os bens e riquezas que puderam para Inglaterra, mas isso é outra História...
É pois, para tentar satisfazer o pedido da leitora Paula P. que vos deixo hoje uma receita de Pickles caseiros muito bons, acabadinhos de fazer. A receita é também uma homenagem ao meu caro Chefe Silva, a quem devo muito da fama de boa cozinheira. Bem Haja!

                                       PICKLES CASEIROS

Ingredientes:
1 couve-flor
2 cenouras
8 feijões verdes
1 pimento verde ou vermelho
8 cebolinhas
1 l de vinagre de vinho branco (de boa qualidade)
1 malagueta

Escolha e lave os raminhos da couve flor e separe-os em pequenos floretes.
Descasque e lave as cenouras e corte-as em rodelas grossas, com a ajuda de um cortador de batatas frisado.
Lave os feijões verdes e corte-lhes as pontas. Abra-os ao meio, longitudinalmente (no sentido do comprimento) e, se forem compridos, corte-os ao meio.
Descasque e lave as cebolinhas.


Todos estes legumes devem ferver durante os tempos exactos que a seguir se indicam:
Couve-flor, 1 minuto.
Cebolinhas, 1 minuto. 
Cenouras, 1 minuto.
Feijão verde, 30 segundos.
Depois de ferver cada um, retire com um passador e passe debaixo da torneira da água fria, para arrefecerem ràpidamente e ponha-os  a escorrer sobre um pano enxuto.
O pimento deve ser ligeiramente assado para lhe retirar a pele. Depois lave-o e corte-o em tiras grossas
(também pode utilizar sem ser pelado).
Depois dos legumes frios, coloque-os em camadas dentro de frascos.


Ferva a quantidade de vinagre que achar necessária para os cobrir e deite-a sobre os legumes.
No dia seguinte, escorra o vinagre para um tacho e ferva-o novamente e volte a cobrir com ele os pickles; devem ficar bem cobertos. Junte-lhes uma pitada de sal e a malagueta. Depois de frios, tape bem os frascos e, ao fim de 4 semanas, estão prontos a ser utilizados.
Se preferir, pode separar os legumes fazendo diferentes variedades de pickles, não misturados.

Notas:
- Só precisei de metade da couve flor, para encher esse frascão.
- Cortei a cenoura às rodelas normais, porque deixei o cortador frisado na aldeia.
- Como o marido não gosta de pimentos, pus um pimento vermelho que tinha no congelador (o aroma é menos intenso) e não tirei a pele.
- Tive dificuldade em encontrar cebolinhas e comprei das mais pequenas. Depois, com a faca fui "descascando" até ficarem mais pequeninas. (As sobras foram para a sopa do jantar, he,he)!
- Servi-me do temporizador do micro-ondas para cronometrar os segundos.
- Num tacho grande com a água a ferver, fui mergulhando: a couve-flor, depois o feijáo verde, e de seguida a cenoura. Despejei a água e fervi outra para as cebolas. Segui os tempos exactos. Já tinha à mão uma taça grande com água fria onde arrefeci os ingredientes, entre cada fervura. Fiz isto para não misturar os sabores (da cebola) nem as cores (da cenoura).
- Podem usar os frascos grandes do café (tipo Tofina ou Mukambo), ou dos mais pequenos de boca larga.
Este da foto foi uma herança da minha saudosa Sogra.
- No dia seguinte acrescentei mais 1 dl de vinagre ao que escorri do frasco antes de o pôr a ferver de novo.É que os ingredientes absorvem algum e convém que o vinagre depois de fervido os cubra bem.


Espero que gostem!
Beijinhos da

Bombom = Tia Fátima = Avó Fátima

Talvez Goste de Ler

15 comentários

  1. Tia Fátima

    Nem imagina como fiquei contente por encontrar este post... Já vou ter com que me entreter este fim-de-semana. E já estou a antever uma carne de porco à alentejana e umas saladinhas de polvo daqui a 4 semanas.

    Continuo na minha saga para encontrar receitas de conservas e fica aqui a promessa de partilhar consigo as minhas descobertas.

    Muito obrigada por nos presentear com estes miminhos.

    Beijinhos

    Paula P.

    ResponderEliminar
  2. Esqueci-me de dizer (e também não sei se seria necessário),que primeiro mergulhei a couve flor na água fervente, depois o feijão verde, a seguir as cenouras e deitei a água fora. Em outra água a ferver mergulhei as cebolas. Isto para não misturar sabores fortes (cebola) nem colorir os ingredientes (cenoura).
    Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  3. Oi Bombom! Muito obrigada pela sua visita! Vou te visitar sempre tbm!! Hum conserva é tudo né? Eu amo fazer tbm...
    Volte sempre!
    Bjus
    http://jennynewdiary.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Querida Bombom
    Essas tuas dicas de congelamento e conservas estão sendo muito ricas para mim, pois nao tinha nenhuma noção a respeito.
    Muito obrigada por compartilhar
    Um grande abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  5. Voltei ... e este é o primeira cantinho que visito!
    QUE SAUDADES!!!
    Que dicas maravilhosas com que tu nos presenteias querida amiga,obrigado!
    Vou registar e fazer com toda a certeza :))
    Já vou comprar um frasco assim grande porque os que tenho em casa sao todos pequeninos :(
    OBRIGADO E PARABENS QUE ESTE TEU FRASCO ESTÁ LINDO,LINDO,LINDO!!!
    Beijinhos doces
    Tina

    ResponderEliminar
  6. Queridas Amigas
    Obrigada pelos vossos comentários e pelas visitas de todos os que passam pelo Meu Estaminé, mesmo sem comentar. Fico muito feliz por saber que vos posso ser útil.
    Vou acrescentar duas coisas ao texto e que me parecem importantes: Deve ser guardado no escuro (armário ou despensa); e os frascos podem ser os vazios do café, daqueles grandes, ou dos pequenos desde que tenham a boca larga. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  7. é o que eu digo....sempre que por aqui passo APRENDO SEMPRE ALGUMA COISA. E sem dúvida que este frasco da fot me ficou debaixo de olho. Está lindissímo.
    Beijinhos e obrigada

    ResponderEliminar
  8. Querida Bombom,
    andei um bocadinho ausente destas andanças e vim aqui recuperar as publicações perdidas da Bombom que tanto gosto de ler!! Pickes, adoro! Nunca fiz, mas tenho a sorte de ter uma querida mãe que os faz e me oferece uns frasquinhos de vez em quando!! Adorei o modo de preparação dos seus e gostei da adição do feijão verde: uma novidade para mim!!
    Já anotei as deliciosas receitas que generosamente partilhou connosco do gelado de natas, do bolo de nozes! Adorei as suas sugestões de decoração e espero que tenha tido um magnífico S. Pedro muito romântico!! As azeitonas e cerejas deixaram-me com água na boca e saio deste estaminé com um lindo presente que recebi de coração aberto: o magnífico texto do código de ética dos Indios que arquivei como se de um tesouro se tratasse!!
    Muito obrigada pela partilha! é um prazer investir aqui o meu tempinho!
    Beijinho grande querida Amiga.

    ResponderEliminar
  9. Fátima,
    O teu blog é muito bonito e com idéias ótimas.
    Parabéns.
    Dinorah

    ResponderEliminar
  10. Muito obrigado pela magnífica receita... andava à procura hà imenso tempo. Tenho uma horta e se não for assim, estragam-se muitos legumes. Obrigado

    ResponderEliminar
  11. Acabei de descobrir sobras de legumes e quando vim procurar a receita ideal, achei a sua!! Achei maravilhosamente bem explicadinha. Muito obrigada. Sou de Curitiba, Brasil e vou te procurar sempre...um abraço apertado,

    ResponderEliminar
  12. Adoro pikles e assim já os posso faser em casa. Maravilhoso! Muito obrigado por esta reeita e obrigado Chefe Silva por a ter criado.

    ResponderEliminar
  13. Convêm salientar que os frascos e as tamtas destes devem ser esterlizados em banho maria para eliminer bactérias nocivas à conserva.

    ResponderEliminar
  14. Tia Fátima,aprendi que primeiro nós comemos c/ os olhos... Que visual maravilhoso e colorido do s/ picles. Chega a me dar água na boca!!! Parabéns e espero nos falar em breve ok? Bjs mineirinha Lu


    ResponderEliminar