GELÉIA DE VINHO DO PORTO

domingo, março 04, 2012


Hoje estou muito satisfeita!
Não imaginam há quanto tempo andava a querer descobrir como fazer Geléia de Vinho do Porto.
Mas como não tinha a receita, fui adiando até encontrar coragem para meter mãos à obra lá no "laboratório". A minha cozinha, claro!
Tinha comprado uma garrafa de Vinho Porto para esse efeito: se não desse certo, paciência...
E esta tarde, lá me entreguei às investigações (he,he).


Geléia de Vinho do Porto

500 ml (0,5 l) de Vinho do Porto
150 g de açúcar gelificado (usei Sidul)
200 g de açúcar branco
1 pau de canela grosso (ou 2 finos)

Colocar todos os ingredientes num tacho e mexer para ajudar a dissolver o açúcar.
Levar a lume forte até levantar fervura.
Reduzir o lume para o mínimo e deixar apurar durante 1 hora, a 1 hora e 15 minutos.
Verificar se está em ponto de geléia e desligar o lume.
Encher os frascos prèviamente lavados e bem secos.
Colocar um quadrado de papel vegetal embebido em álcool no bocal do frasco e tapar com tampa hermética.
Deixar arrefecer e guardar em local escuro.



Notas:
- Deu para 2 frascos pequenos e 2 minis para as provas (he,he).
- Ficou óptima! Foi provada e aprovada!
- Tanto pode ser servida com fatias de pão fresco ou torrado, como em Crepes e Panquecas.
- Pode (e deve) ser servida a acompanhar pratos de Carne Assada, ou a guarnecer um prato mais requintado.
- Em vez da Omelete ao Rum, experimentem "Omelete com  Geléia de Vinho do Porto"!
- É útil para dar brilho a Bolos e Tartes ou para recheios.
- Da próxima vez farei em maior quantidade:
    _1 litro de Vinho do Porto
    _300 g de açúcar gelificado
    _ 450 g de açúcar branco
    _ 2 paus de canela

Como a receita é da minha invenção, ofereço-a a quem quiser experimentar, com a condição de depois me vir dizer o que achou. Pode ser?
Tenham um bom fim de semana. Beijinhos da

Bombom (Tia Fátima / Avó Fátima)

Talvez Goste de Ler

12 comentários

  1. Ai que delicia de receita, já fiquei imaginando essa geléia em umas panquecas. Adorei, ficou linda...bjocas ótimo finalzinho de domingo

    ResponderEliminar
  2. eu gosto de gelatina d vinho. uma delicia
    kis :=)

    ResponderEliminar
  3. Tenho que me afastar dos doces, mas essa geléia... tentação!
    Bjsssss, quérida!

    ResponderEliminar
  4. Querida Bombom, obrigada por ter partilhado tão maravilhosa receita. Adoro vinho do Porto e nem consigo imaginar coo será em geleia. Vou experimentar e depois venho contar, tal como pede.
    Beijinhos grandes e mais uma vez obrigada.

    ResponderEliminar
  5. Bombom,
    E vai lindamente com figos frescos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Vim logo ver! Costumo fazer gelatina com vinho do POrto, mas esta geleia parece ainda melhor e que boa deve ser com uns queijinhos :)
    boa semana!

    ResponderEliminar
  7. OLá Fátima,

    Boas dicas! Nunca tinha nem ouvido falar em geleia de vinho do Porto! Vou experimentar!
    Beijinhos querida amiga!

    ResponderEliminar
  8. vou meter o dedo num frasquinho pequeno tá? beijoquinhas

    ResponderEliminar
  9. Olá Bombom obrigada por sua visita, infelizmente aqui no Brasil ocorre a mesma coisa com o isopor, falta estrutura, e a quantidade é absurda, mas vamos tentar fazer nossa parte né amiga?
    A canjica é muito saborosa, é o milho branco, sabe o milho comum? só que esse é branco e seco, como se fosse o milho da pipoca mas branco. Temos que cozinhar na pressão para ficar mole, ela fica bem cremosa e é uma delicia. Esse milho não se vende como o milho verde, ele só é processado na fabrica pra ser seco, dele se tira também a tapioca, outra iguaria brasileira muito saborosa. Bjocas. Linda quinta feira pra ti

    ResponderEliminar
  10. Oi, Bombom!

    Adoro vinho, e fiquei imaginando quão gostosa deve ser essa geléia. Admiro demais quem tem esse talento para a cozinha. Parabéns!

    Bjo bjo
    Socorro Melo

    ResponderEliminar
  11. Nossa, que delicia.....pode mandar o meu potinho por sedex tá...as torradas já estão aguardando....bjo

    ResponderEliminar
  12. Fiz esta receita ha cerca de 3 anos e utilizei-a para recheados bonbons. Ficaram fantásticos

    ResponderEliminar