CENTRO CHAMPALIMAUD E A CURA DO CANCRO NUMA SÓ SESSÃO

terça-feira, janeiro 31, 2012

                               Centro Champalimaud -  Lago com gaivotas e o Tejo ao fundo


Hoje venho dar-vos a conhecer um dos projectos mais emocionantes (para mim) da Fundação Champalimaud no domínio da Ciência Médica: a Radioterapia que pode eliminar o Cancro (câncer) numa única sessão!
A Fundação adquiriu uma máquina quase única no mundo, que pode eliminar o cancro numa só sessão, mesmo com o tumor já espalhado no corpo.
Este equipamento, permite fazer radioterapia em dose única, tratamento que requer um elevado nível de precisão e que poderá ser feito em poucos minutos e sem qualquer toxicidade para o doente, segundo o oncologista Carlo Greco, responsável por este departamento.
"É o mais avançado equipamento no mundo. Será absolutamente único em Portugal e, na Europa há muito poucos. Mas a máquina (que deve ter chegado em Dezembro de 2011) vai ser equipada com ferramentas especiais que a tornam única no mundo", afirmou o director da área do cancro da Fundação Champalimaud. 
Trata-se de uma radioterapia por imagem guiada, em que se faz uma TAC e o tratamento em simultâneo, que exige um elevado nível de precisão para que a dose única seja aplicada no local adequado e na quantidade suficiente. 
É um tratamento indolor em que se elimina a toxicidade e se demora menos de um quarto do tempo do que as sessões convencionais de radioterapia. Ou seja, em 10 minutos consegue-se o mesmo do que com a cirurgia, mas permitindo ao doente ir para casa de seguida sem risco de morte.
Outra vantagem, é que este método permite tratar várias lesões numa mesma e única sessão: "Podemos finalmente oferecer aos doentes metastáticos, mais do que uma esperança, uma realidade - sem dor e sem invasão" - Carlo Greco.
Este tratamento é mais barato do que a radioterapia convencional e estará disponível no final do 1° trimestre de 2012 (Março / Abril).  
Por agora, a Fundação só recebe doentes particulares, tendo já acordos com oito instituições com seguros de saúde. Entretanto continuam as conversações entre a Administração da Fundação e o Governo Português, mas tudo indica que as negociações futuras serão feitas com cada um dos hospitais que manifestem interesse.

Este é um pequeno resumo de um documento mais extenso e completo que recebi através da net. Se alguém estiver interessado em recebê-lo, é só deixar o e-mail nos comentários ou no e-amil do Meu Estaminé. Enviá-lo-ei com muito gosto. 
Também podem procurar no site da Fundação Champalimaud. 

Tenham uma boa semana. Beijinhos da 

Bombom (Tia Fátima / Avó Fátima)

Talvez Goste de Ler

12 comentários

  1. Fátima, ótima notícia. pena qeu sempre começam cobrando caro, até o governo se responsabilizar pelo tratamento dos menos favorecidos. Aí como aqui.
    E o lugar é lindo, só isso já ajuda muito! Tomara que logo o tratamento seja cessível a todos, sem distinção.
    Bj
    (já troquei o modelo de comentários, mais pessoas me avisaram da dificuldade em comentar).

    ResponderEliminar
  2. Fátima, o que digo: Deus queira que tudo o que o Dr. Carlo Grego disse passe à realidade, e não seja só mais uma notícia daquelas que lemos ou ouvimos e depois caí por terra... Eu ouvi esta notícia na TV, mas infelizmente estou muito desacreditada, neste tema, Em Cuba descobriram uma vacina contra o cancro no pulmão, onde já está patenteada, ok, é verdade a nível de medicina é dos Países mais desenvolvidos, mas também não acredito que já não se tenha descoberto a cura, mas aqui envolve muito, onde fica a indústria farmaceutica e hospitalar? Infelizmente por motivos que tu sabes (a partida dos meus pais com cancro) tenho alguns conhecimentos e falamos muito sobre a cura! Bem, não vou dizer mais, a não ser: espero que esta notícia seja válida, e seja utelizada por todos que dela precisem e não pelos priviligiados do País, pois se assim for, é uma notícia que me causa alguma repulsa...o CANCRO não escolhe estatos, nem posições, o cancro quando ataca,(ataca) sem compaixão se o doente tem dinheiro ou não!

    beijinhos

    I.M.

    ResponderEliminar
  3. Lúcia, obrigada pela atenção que tiveste, mudando o sistema de comentários para o actualizado. Fiquei muito contente por a partir de agora já poder "entrar" no Sem Medida. Bjs. Bombom

    Isabel, podes não acreditar mas ao escrever este post tinha muitas pessoas em mente e algumas apenas já só no coração, pois partiram sem ter encontrado a cura.Uma delas, já sabes quem era...
    Infelizmente, vivemos num mundo muito injusto onde impera apenas o lucro ou os votos que se podem obter...
    No caso do artigo que divulguei passa-se o mesmo, com a desculpa da crise. É triste, mas é verdade: só quem tiver dinheiro ou um bom seguro de saúde é que pode aceder a estes tratamentos, por enquanto. Esperemos que o Ministério da Saúde reconsidere e faça as contas. Se estes tratamentos forem mais eficazes e muito mais baratos, têm de optar por eles a curto prazo em vez de estarem a alimentar empresas particulares que só vêem o lucro, com o dinheiro dos nossos impostos.
    Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  4. Eu sei Fátima, e acredito e fico agradecida, sempre com as tuas mensagens nos teus postes, pois se não ajudar, pelo menos serve para alertar! Eu saio sempre daqui mais enriquecida com a informação que absorvo como uma esponja.Obrigada!

    Agora sobre o tema, ~infelizmente não retiro uma virgula do que comentei! Sabes? Sinto-me bastante triste com notícias destas onde entra sempre os interesses, dos GRANDES e nunca os interesses dos doentes...pois se estamos num País que deram medicação tratamentos para prolongar a vida das pessoas, e agora retiram para os idosos sem posses, morrerem, felizmente os meus pais tiveram tratamentos, principalmente a minha mãe, que lhe prolongou a vida mais 3 anos. Se fosse agora eu sei de fonte segura que não seria assim, só se pagassemos do nosso bolso, pois as reuniões das industrias farmaceuticas e hospitalares, as regras neste momento é assim: se há um jovem com cancro e uma pessoa de sessenta anos, fazem o tratamento ao jovem e o de sessenta fica no canto até chegar a sua hora, se tiver dinheiro até pode ir para o privado, senão espera pela hora sem sequer tentarem algo. Acho uma crueldade sem explicação! É pena que o pessoal que dita as regras neste País está bem finaceiramente à nossa custa, mas como eu digo: cá se fazem cá se paga!

    ResponderEliminar
  5. Oi Bombom,
    esta notícia é pra lá de ótima.Tomara mesmo que se confirme todas as possibilidades faladas e esteja á disposição de todos os que precisam.
    O lugar da instituição é aprazível e convida ao descanso.
    Uma boa semana p/ ti,
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar
  6. Bombom, em Coimbra, no IPO, faz-se uma Técnica em apenas uma sessão, planeada após realização de TC que se chama Radiocirurgia. Esta técnica já é feita neste local há mais de 8 anos e este hospital recebe doentes de vários locais do país. Com a vantagem que é estatal e não é preciso ter dinheiro para ter acesso a tal tratamento, apenas condições e caracteristicas para tal.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  7. Vera,obrigada por essa informação tão importante e que eu desconhecia. Não sei se será a mesma máquina e a mesma técnica, mas tudo o que for feito para curar esta terrível doença, é válido. E a Saúde é um bem Universal que deve estar ao alcance de todos, sem olhar a classes ou posições sociais. Bjs. Bombom

    Muito obrigada por todas as visitas e em especial pelos vossos comentários que vêm sempre enriquecer O Meu Estaminé. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  8. Minha querida
    Que maravilha, uma luz no final do túnel para muitas pessoas!
    Espero que esse tratamento torne-se acessível para todos que precisarem!
    Mil bjos
    Léia

    ResponderEliminar
  9. Boa noite Fátima,

    O meu nome é André e vim parar ao seu blog, pois infelizmente, o meu pai está a sofrer com esta terrível doença!
    Se o que diz é verdade, e esse tratamento se tornar realmente acessível a todos, então sim é uma óptima notícia. Gostaria que me enviasse mais informações sobre este tratamento.

    Agradeço desde já o envio para:

    andresimoes9@gmail.com

    Obrigada e bem haja a todos!!

    ResponderEliminar
  10. ola meu amigo tem cancro maligno,os medicos dizem que não tem cura para o cancro dele....ele tem tanta força ainda....gostari de saber a morada da clinica..obrigado

    ResponderEliminar
  11. meu e-mail: luisa_soares@live.com.pt

    ResponderEliminar
  12. Que bom que a ciência está encontrando novos recursos contra o cancer.
    Gostaria saber se a Fundação Champalimaud tem uma filial na Itália.

    ResponderEliminar