DESAFIO DO CAFÉ COM BOLO - A INVEJA

sexta-feira, agosto 13, 2010

Recém chegada de Inglaterra mas ainda com O Meu Estaminé em férias "para descanso do pessoal", virei aqui abrir uma janela para outros horizontes à sexta-feira, sempre que tenha possibilidade de o fazer. É que a Glorinha de Lion lançou um desafio lá no cafecomglorinha.blogspot.com e convidou-me para participar. Foi a primeira vez e com muito receio de não ser capaz, mas arrisquei e gostei.
Na semana passada o tema passou-me ao lado. Eu bem procurei nos textos da semana, mas nada: não encontrei uma pista. Não digam a ninguém, mas se eu não fosse tão "naba" tinha olhado bem para os lados e logo o veria ali, bem "escarrapachado": O DESEJO.
Falhei, mas aprendi mais uma lição.
Hoje o tema é

A INVEJA

"Deve haver muitas teorias àcerca deste tema, mas eu não estudei nada sobre o assunto. O que sei é resultante da minha existência (já com bastantes anos de percurso, he,he).
Devo dizer-vos que este é um defeito que detesto (lado a lado com a Mentira).
De pequeninos, meus Pais ensinaram-nos que a inveja é um pecado e que não devíamos ser invejosos. Devíamos sim, trabalhar para obter tudo aquilo que desejássemos ter. Só assim teríamos valor e nos sentiríamos bem connosco e felizes.
Podem crer que nunca fui invejosa, mas na vida conheci algumas pessoas que o eram ou são ainda. Contam-se pelos dedos de uma mão, felizmente. Se fizer a média, dá 1 invejoso por cada 12 anos da minha vida. Podia ser pior, não acham? Ou terá sido sorte!...
O Homem, que se diz racional e se acha superior, é o único ser vivo que sente inveja.
Em nome desse sentimento é capaz de mentir, de atacar (mesmo que indirectamente), de tentar aniquilar "o outro". A inveja exacerbada pode tornar-se numa doença, a Psicose.
Todos os pensamentos e sentimentos geram energias - boas ou más.
No caso da inveja, gera-se uma energia negativa que circula e pesa em volta. E como uma energia atrai outra sua igual, ao pé de um invejoso, ninguém se sente bem, mesmo que não saiba porquê - nem ele próprio.
É mesmo verdade que "Nunca o invejoso medrou nem quem ao pé dele morou"!
Em todas as situações em que me vi confrontada com gente desta, tive a coragem de os enfrentar e desmascarar. E descobri que também são cobardes.
Penso que entre o sentimento de inveja e a patologia, há diversos graus:
- a pena de não possuir isto ou aquilo;
- a dor de não ter o que se deseja e se vê os outros terem;
- a raiva contra os que têm o que não temos;
- a neura que nos causa o ver que outros possuem mais do nós;
- os pensamentos negativos e as "pragas" que se rogam sobre os que possuem o que nós não podemos ter;
etc...etc...
A inveja nem sempre é resultante das dificuldades da nossa vida. Normalmente instala-se no coração e na mente dos fracos que, não tendo consciência dos bens que têm, nem das suas reais necessidades, se põem a desejar tudo o que vêem nos outros.
Tenho muita pena dos invejosos porque eles serão sempre seres infelizes.
E como não existe Céu nem Inferno, esse é o castigo do seu pecado, infligido por si próprios."

E agora, só para vos fazer inveja (he,he), aqui vos deixo umas fotos das minhas férias em Londres.

                     Palácio de Buckingham

                  Render da Guarda

                                             Big Ben

                     Stonehendge

                Castelo de Windsor

Beijinhos da

Bombom = Tia Fátima = Avó Fátima

Talvez Goste de Ler

14 comentários

  1. Ahhhhh, fiquei com inveja das suas férias. Me leva também,?!?
    Ou seria admiração, desejo de ter / fazer o mesmo? Cobiça?
    Neste dia de blogagem (que não estou participando), mas hoje estou com tempo para comentar, estou aprendendo muito sobre a inveja e principalmente a diferencia-la de outros sentimentos como cobiça e ciume.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Oi, Fátima

    Concordo em parte contigo.
    A inveja é um grande mal. Mas acho que todos nós temos um pouco dela. Nem todos como mal, mas como um motivador de conquistas.
    Se achamos no outro algo melhor do que temos, devemos buscar como podemos conseguir.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderEliminar
  3. Minha querida Bombom, Concordo com a amiga Nilce, todos nós temos sim...e eu admito, estou com muita inveja de ti! Quero viajar tb! heheh mas fica em paz minha amiga, quero que vc viaje tb! Beijos querida!

    ResponderEliminar
  4. Minhas caras Amigas: Eu continuo a não concordar convosco, he,he! A inveja não se pode confundir com o desejo de ter! Isso é Desejo. E o desejo é o estímulo que nos faz lutar, trabalhar para ter o que pretendemos.Desejo é um sentimento positivo.
    Inveja é um sentimento negativo, que faz doer e sofrer na alma de quem o experimenta. É sofrer porque o meu vizinho muda de carro como quem muda de camisa, porque a vizinha anda sempre na última moda, porque o meu colega apresenta melhor "performance" do que eu... E esse sentimento passa a azedume quando passamos pelo vizinho e pela vizinha, ou em despeito quando trabalhamos com o colega. Gera a tal energia negativa de que vos falei.
    Não, vocês não são invejosas nem sabem o que isso é na realidade. Vocês nunca desejaram mal aos outros só porque não podem ter o que eles possuem!
    Vocês são pessoas moralmente bem formadas, graças a Deus.
    Todos temos o direito de querer ter mais. E também é lícito ter pena de ainda não possuirmos o que desejamos.
    Será que vocês já perceberam a diferença?...
    Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  5. O melhor é que quem tem inveja nunca assume. Aqui nos blogs "assumem" atrás do anonimato :) É triste, devemos ficar felizes com a felicidade dos outros. Confesso que estou invejosa de ti, vi tudo isso (menos Stonehenge) que viste em Londres e gostava de voltar lá he he

    ResponderEliminar
  6. Bombom
    Estou com uma inveja de você nessas fotos! Também queria estar lá.
    Mas concordo com você, a inveja é um sentimento danado, principalmente se isso prejudicar a outros.
    um beijo

    ResponderEliminar
  7. Oi, Fátima!

    Causaram inveja mesmo, essas fotos, hahahaha

    Muito interessante seu entendimento sobre a inveja. É de fato um sentimento torpe, vergonhoso, digno de pena.

    Como somos humanos, e fadados a sentir todo e qualquer sentimento, resta-nos policiar-nos para que este não se apodere de nós, pois, o melhor da vida, é viver em paz e com dignidade.
    Um grande abraço,
    Socorro Melo

    ResponderEliminar
  8. Concordo com a Bombom, a inveja está associada a um sentimento de infelicidade e mal estar perante aquilo que os outros possuem e, por isso, é um sentimento muito negativo. Já gostar de ter o que os outros tem sem que com isso exista qualquer sentimento negativo em nós ou para com os outros, e' desejo de ter. Tambem procuro me afastar de pessoas invejosas.
    Já agora, o que a Bombom fazer com as suas fotos é estimular o desejo de ter e não a inveja, não é?
    Bjs, Matilde.

    ResponderEliminar
  9. Querida Bombom!
    Aiiiiii, que ficamos com inveja sim!
    Que saudades do ano passado em que estive por estes mesmos lugares tão lindos, menos Stonehendge, mas de resto vi tudo o que a Rainha tinha pra mostrar e que país belíssimo meu Deus!
    Queria tanto que nosso Brasil chegasse um pouco a ser daquele jeito, mas é melhor eu parar, vão dizer que estou com inveja. hehe
    beijocas grandes cariocas

    ResponderEliminar
  10. Querida Bombom,
    Só hoje consegui continuar a visita nos posts da blogagem.

    Concordo plenamente com você, há sim diferença entre inveja e cobiça. Mas pelo que andei observando, o pessoal prefere colocar tudo na mesma cesta. E mais fácil não é? Achei o seu post muito esclarecedor.
    Amei as férias, as fotos, tudo. Também queroooo!
    Deixo aqui o link do meu post onde esclareço o que penso sobre a inveja.

    Beijos.

    http://marliborges.blogspot.com/2010/08/blogagem-coletiva-sentimentos-inveja.html

    ResponderEliminar
  11. Na falta de tempo eu não havia comentado a sua postagem.

    Mas digo que me deixou na maior inveja! Que fotos lindas de Londres! Parabéns pelo passeio e fotos.

    Eu concordo com o seu texto..realmente a inveja prejudica muito QUEM A SENTE. Muito mais que a vítima da inveja.
    algo triste mesmo, uma espiral negativa... xôo inveja.

    vc escreve muito bem. se postar sobre o novo tema, lerei com prazer.

    bjs e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  12. Um excelente texto,sem dúvida! Pessoas que sofrem do mal de inveja deviam lê-lo, reflectir e tentarem corrigir este péssimo defeito!
    Ah!Belas fotos também,"de fazerem inveja!" :)

    ResponderEliminar
  13. Querida Bombom,
    sou mais uma que ficou roídinha de inveja com essas belíssimas fotos! (risos)
    Nunca tive essa felicidade de conhecer a Inglaterra, mas acredito que um dia terei essa alegria!
    Nunca li um texto sobre a inveja com o qual concordasse tanto como este!
    Fico aqui a desejar que a minha média de invejosos a passar pela minha vida quando atingir a sua idade, seja tão reduzida quanto a sua!
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  14. Querida Bombom
    Adorei as fotos, realmente é de dar INVEJA!
    Tenho muita vontade em conhecer Londres, mas o Michele nao gosta muito de la'. Um dia o convencerei!
    Bjim com karim
    Léia

    ResponderEliminar